Horas? Aqui!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

OPERAÇÃO LAVA JATO, VERGONHA NACIONAL!

Operação Lava Jato

O maior escândalo criminoso da história publica brasileira. Políticos do PT, PMDB e PP, empreiteiras, se organizaram dentro do governo do PT para saquear a PETROBRÁS, roubando perto de 10 bilhões de dólares até este momento das investigações. Uma vergonha sem precedentes, por enquanto tem vários empresários, algumas pessoas com ligação com a estatal, todos presos na carceragem da PF em Curitiba. Ainda faltam os políticos, alguns reeleitos, outros com mandato. Apesar de fazer quase um ano desta operação, ainda esta apenas no seu inicio, dada a grandeza do evento e a quantidade de pessoas poderosas envolvidas.
 O nome do caso, “Lava Jato”, decorre do uso de uma rede de postos de combustíveis e lava a jato de automóveis para movimentar recursos ilícitos pertencentes a uma das organizações criminosas inicialmente investigadas. Embora a investigação tenha avançado para outras organizações criminosas, o nome inicial se consagrou.

Entenda o caso

O nome do caso, “Lava Jato”, decorre do uso de uma rede de postos de combustíveis e lava a jato de automóveis para movimentar recursos ilícitos pertencentes a uma das organizações criminosas inicialmente investigadas. Embora a investigação tenha avançado para outras organizações criminosas, o nome inicial se consagrou.
A operação Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve. Estima-se que o volume de recursos desviados dos cofres da Petrobras, maior estatal do país, esteja na casa de bilhões de reais. Soma-se a isso a expressão econômica e política dos suspeitos de participar do esquema de corrupção que envolve a companhia.
A princípio foram investigadas e processadas quatro organizações criminosas lideradas por doleiros, que são operadores do mercado paralelo ou negro de câmbio. Por lavar dinheiro de modo profissional, doleiros fizeram parte dos maiores esquemas criminosos já descobertos na história recente do Brasil.
Na segunda etapa do caso, que engloba as investigações desenvolvidas ao longo dos últimos meses, o Ministério Público Federal recolheu provas de um imenso esquema criminoso de corrupção envolvendo a Petrobras. Nesse esquema, que dura pelo menos dez anos, grandes empreiteiras (como Engevix, Mendes Júnior, OAS, Camargo Corrêa, UTC e Galvão Engenharia) pagavam propina para altos executivos da estatal e para outros agentes públicos. O valor da propina variava de 1% a 5% do montante total de contratos bilionários. Esse suborno era distribuído aos beneficiários por meio de operadores financeiros do esquema, incluindo doleiros investigados na primeira etapa. A propina era paga para superfaturar contratos e obter outros benefícios.
Um dos principais modos de operação do esquema investigado nessa segunda etapa era o superfaturamento de contratos por um cartel de empreiteiras que cooptou funcionários do alto escalão da Petrobras, pagando-os por meio dos operadores financeiros.


As empreiteiras

Em um cenário normal, a Petrobras pagaria preços justos por contratos. Empreiteiras concorreriam entre si, em licitações, para conseguir os contratos, e a estatal contrataria a empresa que aceitasse fazer a obra pelo menor preço, desde que o valor da proposta estivesse dentro de uma faixa que variava de menos 15% até mais 20% da estimativa de custos da estatal.
Neste caso, contudo, o cenário estava corrompido. As empreiteiras se cartelizaram em um “clube” para substituir uma concorrência real por uma concorrência aparente. Os preços oferecidos à Petrobras eram calculados e ajustados em reuniões secretas nas quais se definia quem ganharia o contrato e qual seria o preço, inflado em benefício privado e em prejuízo dos cofres da estatal.
O cartel tinha até um regulamento, que simulava regras de um campeonato de futebol, para definir como as obras seriam distribuídas. Para disfarçar o crime, o registro escrito da distribuição de obras era feito, por vezes, como se fosse a distribuição de prêmios de um bingo 

Funcionários da Petrobras

As empresas precisavam garantir que apenas aquelas do cartel fossem convidadas para as licitações. Por isso, era conveniente cooptar agentes públicos.
Os funcionários não só se omitiam em relação ao cartel, do qual tinham conhecimento, mas o favoreciam, restringindo convidados e incluindo a ganhadora dentre as participantes, em um jogo de cartas marcadas.
As empreiteiras pagavam propinas para funcionários do alto escalão da Petrobras no valor de 1% a 5% do valor dos contratos, dinheiro que era repartido entre os funcionários, partidos políticos, membros do Congresso Nacional e operadores. Um dos funcionários da estatal chegou a receber mais de R$ 100 milhões de dólares de propina.
Segundo levantamentos da Petrobras, eram feitas negociações diretas injustificadas, celebravam-se aditivos desnecessários e com preços excessivos, aceleravam-se contratações com supressão de etapas relevantes e vazavam informações sigilosas, dentre outras irregularidades.

Operadores financeiros

Os operadores financeiros ou intermediários são o grupo de profissionais da lavagem de dinheiro. Eram responsáveis não só por intermediar o pagamento da propina, mas especialmente por entregar a propina disfarçada de dinheiro limpo para os beneficiários.
Em um primeiro momento, o dinheiro ia das empreiteiras até o operador financeiro. Isso acontecia em espécie, por movimentação no exterior e por meio de contratos simulados com empresas de fachada. Num segundo momento, o dinheiro ia do operador financeiro até o beneficiário. Isso acontecia em espécie, por transferência no exterior ou mesmo mediante pagamento de bens.
O principal método de lavagem de dinheiro consiste na contratação fictícia, pelas empreiteiras, de empresas de fachada dos operadores, para justificar a ida do dinheiro das empreiteiras para os operadores. Em outras palavras, empreiteiras e operadores disfarçaram o pagamento da propina na forma de pagamento por serviços. As empresas de fachada responsáveis pelos serviços eram quatro: GFD INVESTIMENTOS, MO CONSULTORIA, EMPREITEIRA RIGIDEZ e RCI SOFTWARE. Nenhuma dessas empresas tinha atividade econômica real, três delas não tinham empregados (ou, mais exatamente, uma delas tinha um único empregado), e muito menos eram capazes de prestar os serviços contratados.
Eram objetos falsos dos contratos: prestação de serviços de consultoria para recomposição financeira de contratos; prestação de consultoria técnica empresarial, fiscal, trabalhista e de auditoria; consultoria em informática para desenvolvimento e criação de programas; projetos de estruturação financeira; auditoria fiscal e trabalhista; levantamentos quantitativos e proposta técnica e comercial para construção de shopping; consultoria na área de petróleo. Todos esses serviços existiam no papel, mas nunca foram prestados.

Veja abaixo a representação gráfica do esquema:


Segundo o coordenador da força-tarefa, o procurador da República Deltan Martinazzo Dallagnol, o site reforça o compromisso do MPF com a transparência e a prestação de contas do trabalho já realizado. “Trata-se da maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o país já teve. Com as denúncias, o MPF começa a romper a impunidade dos poderosos grupos econômicos e políticos que, há muitos anos, articulam-se contra os interesses do país”, diz ele. “É essencial que a sociedade acompanhe os trabalhos e compreenda de que forma o esquema atuava, para que situações como essa não se repitam”. 



O site será atualizado constantemente com os desdobramentos das investigações.

 www.lavajato.mpf.mp.br



INFORMATIVO DA PM-PR MORRETES - QUINTA FEIRA 29/01



EM CUMPRIMENTO A MANDADO DE PRISÃO EM ANTONINA PM PRENDE PORQUINHO 

Por volta das 22h do dia 28 de Janeiro de 2015, Policiais Militares de Antonina durante patrulhamento pela Avenida Thiago Peixoto, no Batel, depararam-se com Alisson Cristian Amaral Rosa, vulgo Porquinho, 20 anos, e por terem conhecimento de haver contra ele mandado de prisão expedido pelo Juízo da Comarca de Antonina pelo crime de tráfico de drogas, foi abordado e recebeu voz de prisão, sendo conduzido à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina para providências.



POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM QUE TENTOU AFOGAR ESPOSA EM ANTONINA 

Por volta das 22h10 do dia 28 de Janeiro de 2015, Policiais Militares de Antonina foram informados que deu entrada no hospital local uma senhora com sinais de estrangulamento.
A equipe Policial Militar deslocou até a casa de saúde onde foi informada que a senhora havia sido jogada na piscina por seu marido após uma discussão e este tentou afogá-la, não conseguindo graças a intervenção de um parente que a conduziu ao hospital.Após esta operação,  equipe deslocou até o local dos fatos no bairro Tucunduva, e em contato com o agressor que se mostrou bastante irritado com a presença dos Policiais Militares, inclusive incitando seus cães contra a equipe PM, foi realizada abordagem e prisão de Sandro Alves Cotelessi, 45 anos, que tentou fugir por um morro nos fundos de sua casa, mas foi contido e conduzido à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina pelo crime de violência doméstica

Intolerancia do anônimo Imbecil!


Muitas pessoas escrevem aqui para o blog alegando que eu destilo ódio, prolifero mentiras, sirvo a este ou aquele senhor, ou até a dois senhores ao mesmo tempo. Ai eu recebo uma postagem muito agressiva, do Anônimo 28 de janeiro de 2015 23:27 que deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ESTRAGO DAS GREVES, MEXAM-SE POLITICOS, HONREM ...": O idiota começa seu texto assim: 

Só para lembrar o mundo animalesco que figuras pródigas foram e como o futuro destes idiotas conseguiram ...” e continua ao falar de mim, “...tinha um jornalista que só fazia intrigadas, tinha um prefeito alucinado pelo poder e um presidente da câmara que queria todo custo ser prefeito. Tanto o prefeito como o presidente não suportavam o jornalista, diga aqui, nunca trabalhou na vida e também vive as custas da família. e pelo menos 90% da família odeiam o vagal” e por ai vai. O débil mental expondo um ódio desproporcional bate no Helder, no Arildo, nos Conforto, no Porrua, na Flávia, na família do Amilton e termina o texto imbecil com a citação... cuspam o veneno e quem tem rabo de palha não fica perto de fogueira  E tudo isso, claro de forma covarde, pusilâmine, buscando no anonimato as para externar todo o rancor que esse babaca infeliz, carrega dentro do seu corpo medíocre. Não vou publicar  o texto, o que o medíocre falou de mim eu publiquei, mas me nego veementemente a servir de vetor para esse anômalo. Não cabe defesa do blog, posto que toda a informação passada aqui seja verdadeira, pois sou responsável direto pelo que aparece neste blog.  E claro sempre os atingidos como defesa alegará ódio, raiva ou outro sentimento para aplacar a responsabilidade das acusações embutidas na informação. Ódio, rancor ou qualquer outro sentimento congênere, é este tipo de manifestação como  agressão pessoal, usando a família inclusive, como ele fez comigo, afinal como se avalia o quantitativo de familiares que nos odeiam ou nos amam ou em alguns casos, os dois, dependendo da circunstancia. Para encerrar quero dizer para este débil mental que a mim você não ofende, não me sinto agredido e também sempre é bom lembrar que por não ter rabo de palha, não tenho medo de fogueira.
Seriam interessante, até para mostrar para sua mulher, seus filhos, seus pais e amigos que você assinasse o texto, mostrando a todos a sua coragem e principalmente que não tem o tal rabo de palha e pode sem medo, sentar em volta de fogueira. sem fazer isso ...é mais um covarde de merda que usa os meus favores, oferecidos pelo anônimato do blog,  para destilar seus ódios. 

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

INTERESSANTE, VALE A PENA LER....



Carta recebida por Alexandre Garcia

Enviada por um amigo Americano.


Segue a carta:

“ Caros amigos brasileiros e “ ricaços “
Vocês brasileiros pagam o dobro do que os americanos pagam pela água que consomem
Embora tenham água doce disponível , aproximadamente 25% da reserva mundial de água Doce está no Brasil.
Voces brasileiros pagam 60% a mais nas tarifas de telefone e eletricidade . Embora 95% da produção de energia em seu país seja hidroelétrica ( mais barata e não poluente ) .
Enquanto nós, pobres americanos, somente podemos pagar pela energia altamente poluente, produzidas por usinas termelétricas à base de carvão e petróleo e as perigosas usinas Nucleares.

E por falar em petróleo...

Voces brasileiros pagam o dobro pela gasolina, que ainda por cima é de má qualidade, que acabam com os motores dos carros, misturas para beneficiar os usineiros de álcool . Não dá para entender, seu país é quase auto-suficiente em produção de petróleo (75% é produzido aí) e ainda assim tem preços tão elevados. Aqui nos EUA nós defendemos com unhas e dentes o preço do combustível que está estabilizado a vários anos US$ 0,30 ou seja R$ 0,90 Obs: gasolina pura, sem mistura.
E por falar em carro...
Voces brasileiros pagam R$ 40 mil por um carro que nos nos EUA pagamos R$ 20 mil. Voces dão de presente para seu governo R$ 20 mil para gastar não se sabe com que e nem aonde, já que os serviços públicos no Brasil são um lixo perto dos serviços prestados pelo setor público nos EUA. Na Flórida, caros brasileiros, nós somos muito pobres; o governo estadual cobra apenas 2% de imposto sobre o valor agregado (equivalente ao ICMS no Brasil) , e mais 4% de imposto federal , o que dá um total de 6%.
No Brasil voces são muito ricos, já que afinal concordam em pagar 18% só de ICMS.
E já que falamos de impostos...
Eu não entendo porque voces alegam serem pobres, se, afinal, voces não se importam em pagar, além desse absurdo ICMS, mais PIS, CONFINS, CPMF, ISS, IPTU, IR, ITR e outras dezenas de impostos, taxas e contribuições, em geral com efeito cascata, de imposto sobre imposto, e ainda assim fazem festa em estádios de futebol e nas passarelas de Carnaval . Sinal de que não se incomodam com esse confisco maligno que o governo promove, lhes tirando 4 meses por ano de seu suado trabalho.
De acordo com estudos realizados, um brasileiro trabalha 4 meses por ano somente para pagar a carga tributária de impostos diretos e indiretos.


Segue...


Nós americanos lembramos que somos extremamente pobres, tanto que o governo isenta de pagar imposto de renda todos que ganham menos de US$ 3 mil dólares por mês (equivalente a R$ 9.300,00), enquanto aí no Brasil os assalariados devem viver muito bem, pois pagam imposto de renda todos que ganham a partir de R$ 1.200,00. Além disso, voces tem desconto retido na fonte, ou seja, ainda antecipam o imposto para o governo, sem saber se vão ter renda até o final do ano. Aqui nos EUA nos declaramos o imposto de renda apenas no final do ano, e caso tenhamos tido renda, ai sim recolhemos o valor devido aos cofres públicos. Essa certeza nos bons resultados futuros torna o Brasil um país insuperável.
Aí no Brasil voces pagam escolas e livros para seus filhos, porque afinal, devem nadar em dinheiro, e aqui nos EUA, nós, pobres de país americano, como não temos toda essa fortuna, mandamos nossos filhos para as excelentes escolas públicas com livros gratuitos. Voces, ricaços do Brasil, quando tomam no banco um empréstimo pessoal, pagam POR MÊS o que nos pobres americanos pagamos POR ANO.
E por falar em pagamentos...
Caro amigo brasileiro, quando voce me contou que pagou R$ 2,500.00 pelo seguro de seu carro, ai sim eu confirmei a minha tese: voces são podres de rico!!!!!!!!
Nós nunca poderíamos pagar tudo isso por um simples seguro de automóvel. Por meu carro grande e luxuoso, eu pago US$ 345,00. Quando voce me disse que também paga R$ 1.700,00 de IPVA pelo seu carro, não tive mais dúvidas. Nós pagamos apenas US$ 15,00 de licenciamento anual, não importando qual tipo de veiculo seja. Afinal, quem é rico e quem é pobre ?
Aí no Brasil 20% da população economicamente ativa não trabalha. Aqui, não podemos nos dar ao luxo de sustentar além de 4% da população que esta desempregada.
Não é mais rico quem pode sustentar mais gente que não trabalha ???

Comentários:


"Caro leitor, estou sem argumentos para contestar este ianque. Afinal, a moda nacional brasileira é a aparência. Cada vez mais vamos nos convencendo de que não é preciso ser, basta parecer ser. E, afinal, gastando muito, a gente aparenta ser rico. Realmente é difícil comparar esta grande nação chamada EUA que desde o seu descobrimento teve uma colonização de povoamento, com nosso país que foi colônia de exploração por mais de 300 anos, com nossas riquezas sendo enviadas para Portugal. E hoje ainda sofremos com essa exploração, só que dos próprios governantes que pilham e enviam nossas riquezas para suas contas bancárias em paraísos fiscais. E não fazemos nada para promover uma mudança radical de atitudes, conceitos e afirmação de nossa dignidade. Precisamos sair deste comodismo que estamos vivendo ou o sonho do País do futuro será apenas um ideal na boca dos demagogos que estão no poder."

CONCLUSÃO:

“ Não se trata de sermos um país rico, mas sim de uma República de BANANAS!!!!!!!!!!!!!!”

Jornalista Alexandre Garcia

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

O ESTRAGO DAS GREVES, MEXAM-SE POLITICOS, HONREM O SALÁRIO QUE O POVO PAGA PARA VOCES!


Este Governo do Paraná é uma vergonha, governador mentiroso, insensível, mal pagador, rodeado de deputados comprados a dinheiro  de boteco, mais uma vez desrespeita o povo de Curitiba e do Paraná deixando de pagar os subsídios para o transporte coletivo,  gerando essa greve que prejudica o trabalhador, impondo a aquele cidadão que acorda 5 da manhã e volta para casa as vezes com fome e frio as 23 horas. Mas o governador playboy, metido a garotão, bom de rachas na madrugada, esta pouco interessado pelas dificuldades do povo paranaense. O importante é atender amigos, capachos, parentes e correlegionarios, como Petraglia que pegou 400 milhões de reais a fundo perdido para construir a tal Baixada da Copa. E ai vem um desses capachos pau mandado do governo, na TV RPC e diz que o empregador tem que arcar com os custos das faltas dos funcionários geradas pela greve. Diz ele que é uma questão de bom senso. Bom senso que nem este governador nem o prefeito de Curitiba usam quando o assunto é o sacrifício do povo do Paraná. Uma vergonha !

RELAXA E GOZA COMPANHEIRA......



MARTA SUPLICY

O diretor sumiu
Se houvesse transparência na condução da economia no governo Dilma, ela não teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação
Tenho pensado muito sobre a delicadeza e a importância da transparência nos dias de hoje. Temos vivido crises de todos os tipos: crise econômica, política, moral, ética, hídrica, energética e institucional. Todas elas foram gestadas pela ausência de transparência, de confiança e de credibilidade.
Se tivesse havido transparência na condução da economia no governo Dilma, dificilmente a presidente teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação de descalabro. Não estaríamos agora tendo de viver o aumento desmedido das tarifas, a volta do desemprego, a diminuição de direitos trabalhistas, a inflação, o aumento consecutivo dos juros, a falta de investimentos e o aumento de impostos, fazendo a vaca engasgar de tanto tossir.
Assim que a presidenta foi eleita, seu discurso de posse acompanhou o otimismo e reiterou os compromissos da campanha eleitoral: "Nem que a vaca tussa!".
Havia uma grande expectativa a respeito do perfil da equipe econômica que a presidenta Dilma Rousseff escolheria. Sem nenhuma explicação, nomeia-se um ministro da Fazenda que agradaria ao mercado e à oposição. O simpatizante do PT não entende o porquê. Se tudo ia bem, era necessário alguém para implementar ajustes e medidas tão duras e negadas na campanha? Nenhuma explicação.
Imagina-se que a presidenta apoie o ministro da Fazenda e os demais integrantes da equipe econômica. É óbvio que ela sabe o tamanho das maldades que estão sendo implementadas para consertar a situação que, na realidade, não é nada rósea como foi apresentada na eleição. Mas não se tem certeza. Ela logo desautoriza a primeira fala de um membro da equipe. Depois silencia. A situação persiste sem clareza sobre o que pensa a presidenta.
Iniciam-se medidas de um processo doloroso de recuperação de um Brasil em crise. Até onde ela se propõe a ir? Até onde vai o apoio à equipe econômica?
Para desestabilizar mais um pouco a situação, a Fundação Perseu Abramo, do PT, critica as medidas anunciadas, o partido não apoia as decisões do governo e alguns deputados petistas vociferam contra elas. Parte da oposição, por receio de se identificar com a dureza das medidas, perde o rumo criticando o que antes preconizou.
O PT vive situação complexa, pois embarcou no circo de malabarismos econômicos, prometeu, durante a campanha, um futuro sem agruras, omitiu-se na apresentação de um projeto de nação para o país, mas agora está atarantado sob sérias denúncias de corrupção.
Nada foi explicado ao povo brasileiro, que já sente e sofre as consequências e acompanha atônito um estado de total ausência de transparência, absoluta incoerência entre a fala e o fazer, o que leva à falta de credibilidade e confiança.
É o que o mercado tem vivido e, por isso, não investe. O empresariado percebe a situação e começa a desempregar. O povo, que não é bobo, desconfia e gasta menos para ver se entende para onde vai o Brasil e seu futuro.
Acrescentem-se a esse quadro a falta de energia e de água, o trânsito congestionado, os ônibus e metrôs entupidos, as ameaças de desemprego na família, a queda do poder aquisitivo, a violência crescente, o acesso à saúde longe de vista e as obrigações financeiras de começo de ano e o palco está pronto.
A peça se desenrola com enredo atrapalhado e incompreensível. O diretor sumiu.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

INFORMATIVO DA PM-PR - MORRETES - SEGUNDA FEIRA - 26/01



HOMEM É FLAGRADO DIRIGINDO SEM CARTEIRA E SOB EFEITO DE ÁLCOOL EM ANTONINA 

Por volta da 1h10 do dia 25 de janeiro de 2015, Policiais Militares de Antonina que patrulhavam pela Avenida Thiago Peixoto avistaram nas proximidades do Jardim Barigui um veículo que realizava zigue-zague, colocando em risco demais usuários da via, sendo visualizado pela equipe PM que o referido veículo quase colidiu frontalmente com outro que seguia na direção contrária.


Foi então realizada a abordagem ao veículo e constatado que o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez, além de não possuir carteira de habilitação nem portava os documentos obrigatórios do automóvel.
O condutor, Claudecir de Souza Santos, 32 anos, recebeu voz de prisão por embriaguez ao volante e foi conduzido à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina e o veículo, um Ford Fiesta placas IHM 6929 foi recolhido ao pátio do Destacamento PM de Antonina.


HOMEM É PRESO APÓS FURTAR BICICLETA EM MORRETES 

Por volta das 14h do dia 25 de janeiro de 2015, Policiais Militares de Morretes foram informados que um indivíduo sem camisa acabara de sair com uma bicicleta elétrica que estava trancada na rodoviária da cidade. Em patrulhamento pela área central a equipe Policial Militar localizou o suspeito tentando empurrar a bicicleta com dificuldade, pois ela estava com trava na roda traseira.


Identificado Paulo Aparecido Soares Rodrigues, 35 anos, que apresentava sinais de embriaguez, deu início a várias ofensas contra a equipe PM resistindo à prisão.
Paulo foi encaminhado juntamente com a bicicleta à Delegacia de Polícia Civil de Morretes para providências.


PRESO POR TRÁFICO E CORRUPÇÃO DE MENOR EM ANTONINA 

Por volta das 23h do dia 24 de Janeiro de 2015, Policiais Militares de Antonina foram informados por uma senhora que sua filha, uma adolescente de 15 anos, havia colocado cocaína dentro de suas roupas íntimas e saído de casa, indicando o endereço onde ela estaria.
A equipe Policial Militar deslocou ao local apontado e abordou nove pessoas, realizando buscas pessoais nos masculinos ali presentes, e solicitado a uma conselheira tutelar que procedesse a busca nas mulheres e adolescentes femininas, sendo localizados com a adolescente de 15 anos nove plásticos com cocaína. Perguntada sobre a droga, a menor disse que Luciano Richard do Nascimento, 19 anos, a entregou e pediu para guardar com ela, pois seria mais seguro.
Luciano recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e corrupção de menor, sendo todos encaminhados à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina para providências.


CARRO CONDUZIDO POR MENOR TINHA ALERTA DE FURTO

Por volta da 18h30 do dia 24 de janeiro de 2015, Policiais Militares de Morretes foram informados que um veículo estaria sendo conduzido de forma perigosa na Estrada da Fortaleza colocando em risco a segurança de terceiros.


A equipe Policial Militar deslocou até o local apontado e ao realizar a abordagem constatou que o veículo era conduzido por um adolescente de 16 anos e que o automóvel, um GM Chevette placas LZC 0132, constava no Sistema de Dados da Secretaria de Segurança Pública como objeto de furto.
O menor e o veículo foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Morretes para providências.


PRESO POR MANDADO EM ANTONINA

Por volta das 15h do dia 24 de Janeiro de 2015, Policiais Militares de Antonina que patrulhavam o bairro Caixa D’água avistaram um indivíduo em atitudes suspeitas e realizaram a abordagem a Jhonatan Fagundes, 27 anos, não sendo encontrado nada de   ilícito. Entretanto, ao verificar o Sistema de Dados da Secretaria de Segurança Pública, constatou haver em aberto contra Jhonatan mandado de prisão, motivado por regressão   de pena pelo crime de furto.
Encaminhado à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina.