TOP FITNESS

TOP FITNESS

quinta-feira, 14 de maio de 2015

10 PRAGAS DO EGITO, NO CASO 11.



 Interessante à falta de credibilidade que o setor público exerce sobre as pessoas comuns. Quando se fala em erros e punições por mal feitos da administração pública a primeira coisa que vem na cabeça de cada cidadão é a triste frase “não vai dar em nada". E isso tem um porque, o desrespeito dos políticos pelo povo que os elege, que paga seus salários. Hoje já não existem poderes independentes, existem algumas pessoas independentes, livres, o que temos é Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa e até Câmaras de Justiça emparelhadas com os governos executivos em troca de favores ou vantagens inconfessáveis. Vejam aqui em Morretes, ontem na Câmara de Vereadores, foi o encerramento da CEI dos Semáforos, e ai um vereador subiu na tribuna para fazer o contra ponto do relatório da relatora, Vereadora Flávia. O tal vereador mostrou um despreparo total na hora de buscar argumentos para tentar reverter a possível intenção de votos de seus pares. Mas ali não era essa a intenção, mas apenas fazer um jogo de cena barato, para a pequena e incrédula platéia que ali assistia  o ato patético, muito perto do ridículo do vereador encomendado, .porque sabia o  vereador, agente servil do Prefeito, que os votos já vinham carimbados da Praça Rocha Pombo a favor do executivo, independente do relatório da CEI mostrar ou não irregularidades. Este é o triste papel político dos vereadores da base amestrada do prefeito. Nas ruas o povo comenta, torce o nariz, mas ai vem à outra frase que faz do Brasil a pior democracia do mundo, dizem nas ruas "não adianta fazer nada". Sempre é bom lembrar que esses pseudos políticos, sem voz, sem capacidade de negociar, sem força de exercer suas funções constitucionais, incapazes de honrar a casa que representam, não caem do céu por descuido, ou nos são infligidos como as dez pragas do Egito que, segundo a Bíblia, o Deus israelense enviou pelas mãos de Moisés sobre o Faraó do Egito e seu povo para castiga-los (Ex 7,14-12, 36), são figuras eleitas pelo povo, pelo voto, e se cada um de nós quiser ver o progresso físico, econômico e moral da nossa cidade, temos que repensar sobre quem escolhemos para nos governar. Chicanas jurídicas, bons advogados pagos a peso de ouro, podem livrar pessoas da punição por abusos e mal feitos pelas fragilidades das leis, mas não fazem ninguém mais honesto ou mais capaz de promover o desenvolvimento da nossa cidade oferecendo um futuro melhor para nossos filhos e netos. Esta na hora de pensar, refletir, buscar soluções, procurar nomes limpos, gente que precise do progresso de Morretes e não dos salários que o serviço publico oferece. Esta passando da hora de mudar, mandar essa gente negociada para casa e buscar quem queira de verdade mais do que os salários, queira exercer seus poderes na plenitude e dai sim honrar estes ótimos que o povo lhes paga. Lugar de ajoelhar é nas igrejas.


14 comentários:

  1. Orley coloca ai comofoi a votação. Quem ajoelhou e quem votou de conciencia limpa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como votou o teu vereador da magia da serra?

      Excluir
    2. Vardinho votou com coerência, manteve sua postura de aliado ao Helder, desde o ano 2000. Votar no relatório A ou relatório B faz parte do espírito democrático que teoricamente deveria nortear os poderes públicos deste país. Os vereadores eleitos pela coligação do Prefeito votarem com ele é compreensível, apesar fugir dos deveres constitucionais da Câmara, mas os outros, eleitos por co ligações diferentes, votam movidos a favores pessoais, interesses individuais que ofendem a moral da instituição Câmara de Vereadores.

      Excluir
  2. o cras não atende ninguem hoje.estão em greve porque o prefeito e o Beto richa não fazem nada pela assistência social.falta dinheiro,segundo me falaram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como faço para enviar arquivos? ou tem e-mail especifico?

      Excluir
    2. Use meu email:
      Orley@barreado.com
      pode mandar, é seguro

      Excluir
  3. Q bom vereador então q esse vardinho é, vota pelo prefeito e não pelo povo, é por isso q Morretes está como está

    ResponderExcluir
  4. Orley já q VC defende tanto o Vardinho, coloque em seu Blog todos os projetos q o vardinho fez durante todo esses anos q ele é e foi vereador, sera se vai ter. Projeto.....difícil né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só do Vardinho, qualquer vereador de qualquer partido que quiser colocar suas informações no blog serão bem vindas, serão publicadas sem custo nenhum.

      Excluir
  5. Bom quando rege o bom censo e o compromisso com a população que os elegeram, não deveriam ser submissos ao poder executivo, até porque não é essa suas funções.

    Mas, o que faz o vereador? Enquanto agente político, ele faz parte do poder legislativo, sendo eleito por meio de eleições diretas e, dessa forma, escolhido pela população para ser seu representante. Esta noção de representante da sociedade está entre as noções mais caras dentre suas funções, pois as demandas sociais, os interesses da coletividade e dos grupos devem ser objeto de análise dos vereadores e de seus assessores na elaboração de projetos de leis, os quais devem ser submetidos ao voto da assembleia (câmara municipal). Dessa forma, são responsáveis pela elaboração, discussão e votação de leis para a municipalidade, propondo-se benfeitorias, obras e serviços para o bem-estar da vida da população em geral. Os vereadores, dentre outras funções, também são responsáveis pela fiscalização das ações tomadas pelo poder executivo, isto é, pelo prefeito, cabendo-lhes a responsabilidade de acompanhar a administração municipal, principalmente no tocante ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão do erário, ou seja, do dinheiro público.
    Quanto à dinâmica das discussões e votações nas sessões, os vereadores organizam-se entre partidos que são considerados da base do governo (não apenas aquele do qual o prefeito faz parte, mas também outros que aderem ao modelo de governo da atual gestão) e os que são considerados de oposição. Vale dizer que o fato de um vereador ser da oposição não significa que ele sempre se posicionará contra as medidas propostas pelo prefeito ou pelos partidos de base. O contrário também é verdadeiro, uma vez que a base poderá não aprovar alguma medida do poder executivo.
    O que se espera, pelo menos em tese, é que o posicionamento dos parlamentares sempre seja pautado pelo interesse da coletividade (isto é, pela racionalidade na análise dos projetos), e não apenas em termos partidários, da disputa política.
    Fonte: http://www.brasilescola.com/politica/funcoes-vereador.htm

    Boa leitura vereadores e espero que reflitam. Capachos, só na porta de entrada da Casa de Leis!!!

    ResponderExcluir
  6. ORLEY PRESTE UM SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA PARA O POVO DE MORRETES, TIRE 15 CÓPIAS DESTE TEXTO E ENVIE PARA OS NOSSOS BRILHANTES VEREADORES LÁ NA CÂMARA, 15 PORQUE TEM QUE SER 2 A MAIS PARA O VARDINHO E 2 A MAIS PARA A FLÁVIA, QUE ELES LEIAM BASTANTE E APRENDAM, POIS JÁ ESTÃO FICANDO VELHOS NOS MANDATOS E NÃO APRENDERAM LEGISLAR AINDA, UM SÓ FAVORECE OS INTERESSES DELE E DO EXECUTIVO, A OUTRA SÓ CRITICA, COMO SE NUNCA O EXECUTIVO PUDESSE ACERTAR, ENTÃO É 2 A MAIS PARA ELES APRENDEREM BEM.

    ResponderExcluir
  7. É isso mesmo mas manda mesmo queremos ver se a Vereadora trabalha um pouco pelo Município, por que o negócio dela é desfilar com essa camiseta do Estado, mas ela que lembre bem que que a colocou naquela cadeira para não fazer nada foi as professoras do município e não o povo do Estado!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei ponha ai as dez pragas de Morretes

      Excluir